quarta-feira, 3 de agosto de 2016

A Menina do Mar

Ilustrações para A Menina do Mar de Sophia de Mello Breyner Andresen (1978)
-



segunda-feira, 4 de julho de 2016

Aldemir Martins

in Gravura Portuguesa 1956-1962
-
Aldemir Martins (1922-2006) foi um artista plástico brasileiro, ilustrador, pintor e escultor. Expôs desde 1942 e tem obra em museus e colecções particulares de vários países. Em 1961 participou numa Exposição de desenhos e litografias na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa.
-

segunda-feira, 6 de junho de 2016

segunda-feira, 2 de maio de 2016

João Hogan

Assinado: Hogan (1961)
-
Sobre o artista João Hogan (1914-1988), cf. Wikipedia

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Eduardo Nery

Eduardo Nery (n. 1938), Sem Título (1960).
-
Sobre o artista cf. http://www.eduardonery.pt/

terça-feira, 1 de março de 2016

Maria Keil

Água-forte de Maria Keil (1960)
in Gravura Portuguesa 1956-1962
-
Acerca de Maria Keil (1914-2012), cf. A arte em Portugal, post de 4.3.2015.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Jorge Martins

Jorge Martins (1960) in
Gravura Portuguesa 1956-1962
-

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Querubim Lapa

Querubim Lapa, Sem Título (1959)
-
«Pintor, desenhador e gravador, autor de trabalhos de tapeçaria, Querubim Lapa é reconhecido sobretudo como um dos mais importantes ceramistas portugueses, com soluções plástica e tecnicamente inovadoras, destacando-se os seus inúmeros painéis para espaços públicos (assinalem-se, por exemplo, os painéis que criou para a Reitoria da Universidade de Lisboa, 1961, para a Avenida 24 de Julho, Lisboa, 1994, ou para a Estação Bela Vista, do Metropolitano de Lisboa, 1998).». Cf. Wikipédia. Este artista, nascido em 1925, foi autor de painéis cerâmicos para a pastelaria Mexicana, na Av. Guerra Junqueiro, em Lisboa.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

João Abel Manta

João Abel Manta, Sem Título (1959).
-
João Abel Manta (Lisboa, n. 1928) é um arquitecto, pintor, ilustrador e cartoonista português. Esta gravura, da colecção Gravura Portuguesa, foi publicada também no Blog da Rua Nove a 28-1-2008 (link). Sobre o artista, consultar, por exemplo: Wikipédia.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Jorge de Almeida Monteiro

 
1959 - in Gravura Portuguesa 1, ICM
-
Jorge de Almeida Monteiro (1908-1983) nasceu no Bombarral, no seio de uma família ligada ao pequeno comércio. Iniciou a sua formação na Escola Industrial e Comercial das Caldas da Rainha. Em 1938, casou com Atalanta Judícibus, filha de Evaristo Judícibus, proprietário de uma tipografia localizada no Bombarral. Cedo manifestou uma grande proximidade e afecto à Nazaré, onde o casal teve residência na Av. Vieira Guimarães (“Vivenda Atalanta”). Após a frequência de um curso de artes plásticas no Bombarral, organizado por Alberto Morais do Vale, em 1944 Jorge de Almeida Monteiro abriu a fábrica de cerâmica “Bombarralense”, dedicada à produção de louça decorativa e azulejo. Esta fábrica tornou-se ponto de encontro de amigos, artistas e intelectuais, de ambiente marcadamente neo-realista. Aí conviveram Júlio Pomar e Alice Jorge, Vasco Pereira da Conceição e Maria Barreira, David de Sousa, Stella de Brito, Hernâni Lopes, entre outros. Em 1954, na sequência de um incêndio, a fábrica de cerâmica “Bombarralense” encerrou e Jorge Monteiro montou uma nova oficina para os seus trabalhos de cerâmica, gravura e cobre martelado, que funcionou até 1974. Participou em exposições colectivas na Sociedade Nacional de Belas-Artes, entre 1949 e 1954, e, na década de 1960, em diversas galerias nacionais. No âmbito da gravura, esteve presente na exposição de Gravadores Portugueses de 1955 e integrou o catálogo da Gravura, Sociedade Cooperativa de Gravadores Portugueses de 1959, tendo estado representado também em exposições na Suécia, Madrid e Roma. Este artista desenvolveu também um gosto especial pela arqueologia. Participou em várias campanhas ao lado de personalidades de relevo, como Octávio da Veiga Ferreira, Fernando de Almeida e Borges Garcia. Pertenceu ao Grupo de Amigos do Museu Dr. Joaquim Manso, detendo papel importante na criação do mesmo (assim como na criação do Museu Municipal do Bombarral) e colaborando em diversas actividades iniciais, nomeadamente nas campanhas arqueológicas de S. Gião e da Torre de D. Framondo e na realização de moldes de materiais arqueológicos.
-

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Teresa Sousa

-
Acerca de Teresa Sousa (1928-1962) Cf. https://pt.wikipedia.org/wiki/Teresa_Sousa

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Max Braumann

Abutres
-
Max Braumann nasceu em Munique, em 1880. Doutorado em filosofia e ciências naturais (Berlim, 1930), dedicou-se às artes plásticas, tendo passado pela Academia de Belas-Artes de Munique. Em 1934, fixou residência em Portugal.
-
Cf. Gravura Portuguesa 1, INCM.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Cipriano Dourado

-
Cipriano Dourado nasceu em Penhascoso (Beira-Baixa) em 1921. A sua actividade desenvolveu-se em oficinas litográficas e expôs desde 1949.
-
Link para mais informação.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Jorge Vieira

Jorge Vieira (1957)
-
Nascido em 16 de Novembro de 1922, em Lisboa, Frequentou a ESBAL, onde estudou escultura, com Simões de Almeida e Leopoldo de Almeida. Passou também pela Slade School (Londres) entre 1954 e 1955. Expôs na SNBA, na Tate Gallery e Hannôver Gallery (Londres, 1953 e 1956), e na II Bienal de São Paulo (1953). Faleceu em 1998.
Ver Wikipédia.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Júlio Pomar

Gravura de 1957.

terça-feira, 7 de abril de 2015

António Areal

-
António Areal nasceu no Porto, em 1934. Dedicou-se sobretudo ao desenho, participando em exposições colectivas, por exemplo, com Carlos Calvet e Jorge Vieira, na Galeria Pórtico, em Abril de 1956. Trabalhou também em gravura e ilustração. Faleceu em 1978.
-
Cf. Gravura Portuguesa, INCM.
Para mais informação ver Wilipédia.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Júlio Resende

-
Júlio Resende (1917-2011) nasceu no Porto, cidade onde cursou pintura na Escola Superior de Belas-Artes. Foi bolseiro do Instituto de Alta Cultura entre 1947 e 1948, tendo frequentado a Escola de Belas-Artes de Paris, e sendo discípulo de Othon Friez. Expôs desde 1950 e recebeu diversos prémios, nomeadamente na I Bienal de Arte de São Paulo.
-

quinta-feira, 12 de março de 2015

Bartolomeu Cid

-
Bartolomeu Cid nasceu em Lisboa, em 1931. Frequentou o curso de pintura da Escola de Belas-Artes durante cinco anos. Desde 1956, começou a frequentar a Slade School of Fine Arts, de Londres, onde se dedicou sobretudo à gravura. Expôs desde 1951 e, em Inglaterra, obteve, em 1957, os prémios de Artes Gráficas no Hampstead Arts Festival e de Gravura da Slade School.
-
Cf. Wikipedia.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Hansi Staël

-
Nasceu em 1913, em Budapeste. Estudou em Viena de Áustria, na Escola de Artes e Ofícios, onde tirou o curso de artes gráficas. Mais tarde, em Budapeste, frequentou a Academia de Belas-Artes. Durante a II Guerra Mundial trabalhou em Estocolmo, como desenhadora de tecidos e ilustradora de livros e revistas. Em 1946, veio para Portugal, onde se dedicou à pintura, gravura e cerâmica, tendo trabalhado para a Secla (Caldas da Rainha), a partir de 1950. Foi autora de vitrais para a Igreja de Alter do Chão e executou vidros de arte para a Fábrica-Escola Irmãos Stephens (Marinha Grande). Expôs desde 1946 (Lisboa) e fez parte do grupo de ceramistas portugueses premiado com medalha de ouro na Exposição Internacional de Cerâmica (Cannes, 1955).
Cf. Wikipedia.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Gravura

1957
-
Não consigo identificar a assinatura:



quinta-feira, 5 de março de 2015

Jorge Barradas



-
Jorge Barradas (1894-1971) foi pintor, decorador, gravador e ceramista. Cf. Wikipedia.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Alice Jorge

-
Alice Jorge (1924-2008) frequentou a Escola António Arroio e fez o curso de pintura da ESBAL. Foi professora do ensino técnico, praticou gravura e cerâmica. Em 1956, executou trabalhos em vidro na Fábrica-Escola Irmãos Stephens (Marinha Grande). Expôs desde 1950, em Portugal e no estrangeiro, incluindo na I Bienal Internacional de Gravura (Tóquio, 1957). Cf. Wikipedia.

terça-feira, 3 de março de 2015

Luís Ferreira da Silva

Ferreira da Silva (1988)
-
Luís Ferreira da Silva nasceu no Porto, em 1928, e frequentou a Escola Industrial e Comercial Avelar Branco, em Coimbra. Foi pintor cerâmico na Fábrica de Cerâmica Secla (Caldas da Rainha) e expôs pela primeira vez na Exposição Geral de Artes Plásticas (SNBA, Lisboa), em 1954 . Para saber mais, cf. João B. Serra, «Ferreira da Silva: biografia breve e nota bibliográfica» (link)

segunda-feira, 2 de março de 2015

Sá Nogueira




-
Sá Nogueira nasceu em Lisboa, em 1921. Frequentou a Escola de Belas-Artes de Lisboa e expôs pela primeira vez em 1948, na Exposição Geral de Artes Plásticas. Participou depois em diversas exposições colectivas. Colaborou em obras de arquitectura, na parte da decoração, nomeadamente com painéis de azulejo, mosaicos e vitrais. Executou cenários e figurinos para teatro e fez ilustração para livros. Faleceu em 2002.
-